Você nunca recebe feedback profissional?

Você nunca recebe feedback profissional?

O feedback profissional é, muitas vezes, um motivo de reclamação entre colaboradores internos nas empresas: “não recebo feedback, não sei como evoluir na empresa”.

Mas, esta moeda também tem outro lado: o que o profissional entende como feedback?

Afinal, o que é feedback profissional?

Alguns profissionais entendem como feedback, aquele processo formal em que o RH da empresa define os itens a serem avaliados para cada perfil, coordena o processo de questionamentos e a coleta das respostas, tabula, divulga, reuniões, etc. Feedback 360º, por exemplo.

Precisamos considerar que feedback não é apenas isso. Ele abrange indicadores e posturas que ocorrem no dia a dia de uma empresa como, por exemplo:

  • um registro de não conformidade ou um pedido de melhoria contínua do Sistema de Qualidade (ISO 9000);
  • uma determinada colocação feita pelo gestor em uma reunião de área;
  • um comentário do colega de trabalho em uma conversa no café;
  • um registro de elogio ou de reclamação de cliente divulgado pelo CallCenter;
  • o indicador de atingimento de metas do time;
  • o percentual de retrabalho individual ou do grupo de trabalho.

Enfim, são vários e variados os indicadores do cotidiano corporativo que evidenciam um autêntico e importante feedback profissional. Tais indicadores são, com certeza, considerados pelos gestores em momentos de decisão quanto a promoção de um determinado colaborador. Representam aspectos muito importantes para embasar uma evolução em termos de remuneração. Não estou dizendo que o processo formal de feedback não seja importante, ele é mas, não apenas ele. Porém, os profissionais devem considerar e batalhar por uma boa avaliação também nos indicadores do dia a dia.

Cabe também aos gestores, ao time de RH nas empresas, orientar os funcionários quanto a este aspecto do processo de feedback, visando que a empresa tenha alinhada esta visão e obtenha clareza na avaliação profissional… isso também traz benefícios para a produtividade, não é gente?

Fechar Menu