eSocial: Entendendo o Envio dos dados para o Ambiente de Homologação

eSocial: Entendendo o Envio dos dados para o Ambiente de Homologação

No dia 1º de agosto, foi liberado pela SEFAZ o ambiente de testes do eSocial. Este ambiente foi criado com a finalidade de possibilitar que as empresas se preparem para a nova realidade, tal qual está agendada para 1º de janeiro de 2018. Visando facilitar ainda mais sua vida, desenvolvemos este artigo englobando o passo a passo de todos os processos que devem ser realizados no ambiente do eSocial.
Este ambiente de testes deve ser utilizado através do SymphonyRH, ou seja, através do seu sistema de gestão empresarial, que fará a comunicação, transmissão e recepção de informações para o Portal do eSocial, isso, pois, diferentemente do que acontece com os empregadores domésticos, para as empresas, não foi disponibilizada uma plataforma de testes pela web, onde você poderia acessar e utilizar.

O que fazer antes de enviar eventos?

  • Manutenção de Funcionários: Os dados na Manutenção de Funcionários deverão ter suas informações básicas (como Nome Completo, CPF, Data de Nascimento e PIS) regularizadas, para assim evitar problemas na hora da transmissão dos dados.
  • Acurácia da base de dados: Os dados a enviados devem estar em consonância com a real situação dos colaboradores e as tabelas padrões do eSocial. A precisão da checagem desta etapa deve ser levada em consideração, pois, dados enviados com incoerência de informações poderão acarretar problemas no futuro.

Saiba quais eventos enviar primeiro:

1 – S-1000: Este é o primeiro evento a ser enviado para o eSocial, nele são fornecido os dados do empregador, contribuinte ou órgão público.

2. Eventos iniciais e de tabelas: Eles estão entre os primeiros a serem enviados para o ambiente do eSocial, pois eles compõem a base de dados para o envio das informações dos demais eventos que são os periódicos e os não periódicos.

Em casos de divergências de informações entre a base de dados da empresa e o que deve ser enviado para o ambiente do eSocial, será necessário realizar ajustes antes de prosseguir com o envio dos demais eventos.

3 – S-2100: É o evento referente ao Cadastramento Inicial do Vínculo, após a publicação da versão 2.3 do eSocial, ele foi substituído pelo evento S-2200 — Cadastramento inicial do vínculo e admissão/ingresso de trabalhador. Até o momento desta publicação estamos na versão 2.4.

4 – Outros eventos periódicos e não periódicos: Após o envio da base de informações do evento S-2200, os eventos periódicos e não periódicos restantes poderão ser enviados.

5 – S-1299: O evento S-1299 é o Fechamento dos Eventos Periódicos – utilizado para informar ao ambiente do eSocial o encerramento da transmissão dos eventos periódicos daquele movimento, em determinado período de apuração.

6 – S-1295: é o Evento Solicitação de Totalização para Pagamentos e Contingência. Este evento foi liberado na versão 2.3 do eSocial, ele solicita as contribuições sociais devidas pelo contribuinte em situações de contingência, quando não se pode fazer o encerramento dos eventos periódicos através do evento S-1299.

7 – Eventos totalizadores: Estes são os eventos de retorno ao contribuinte, que permitem a verificação dos encargos. Eles irão ocorrer após o envio dos eventos periódicos.

Algumas observações importantes:

1 – A execução das etapas acima poderão ajudar no processo de envio das informações, mas a empresa deve observar sua realidade e se atentar para o que é necessário para envio dos dados para o ambiente do eSocial.
2 – Esteja com o Symphony RH sempre atualizado, garantindo assim o preenchimento completo das informações, para gerar corretamente o envio dos dados para o eSocial.

3 – O acesso ao eSocial ocorre via Certificado Digital (CD) — uma identidade virtual com validade jurídica que permite identificar de forma segura o autor de uma mensagem ou transação feita por meios eletrônicos.

O certificado pode ser adquirido nos sites das Autoridades Certificadoras. Para a emissão do certificado, é necessário que um gestor da empresa solicitante vá pessoalmente a uma autoridade de Registro da Autoridade Certificadora para validar os dados preenchidos na solicitação.

Fechar Menu